Câmara inicia sessões plenárias de 2018

0

A Câmara Municipal de São Paulo realizou, nesta quinta-feira (1/2), a primeira Sessão Plenária de 2018.

Uma das propostas que deverá ser votada já no primeiro semestre é o texto que substitui o Projeto de Lei (PL) 621/2016 e prevê a reforma do sistema previdenciário municipal. A iniciativa do Executivo altera a alíquota de contribuição dos servidores, além de criar um sistema de previdência complementar com o objetivo de reduzir o déficit das contas.
Além da reforma previdenciária, a gestão do prefeito João Doria (PSDB) deverá encaminhar à Câmara um projeto que prevê a revisão da Lei de Zoneamento. Os vereadores também devem discutir a proposta de privatização do Autódromo de Interlagos, aprovada em primeira votação no início de novembro.Leite afirmou que o projeto deverá ter uma ampla discussão no Legislativo. “Teremos audiências públicas e a Câmara tem de apreciar. A sociedade precisa saber o custo disso. Nós devemos construir uma solução a várias mãos e apontarmos um caminho. O que não podemos é deixar a cidade com um déficit previsto na casa dos R$ 5 bilhões. São Paulo não tem esse dinheiro.”

De acordo com o presidente da Câmara, a expectativa é de que todos os projetos considerados importantes, sejam do Executivo ou não, possam ser apreciados ainda em 2018, apesar do ano eleitoral. “Tentarei manter o ritmo, apreciando os principais projetos da Câmara, tanto dos senhores vereadores como do Executivo. Nós teremos, sim, tempo e disponibilidade para apreciar os projetos. A Câmara não deverá ser paralisada por conta de eleições nacionais e estaduais.”

Fonte: CMSP

Compartilhe

Sobre o Autor

Vereador Atílio Francisco

Vereador do Partido Republicano do Brasil (PRB) na Câmara Municipal. · Autor de diversos projetos transformados em leis municipais e um dos vereadores mais atuantes da Casa.

deixe aqui o seu comentário

Visit Us On TwitterVisit Us On Facebook