Jardim Helena recebe 5.900 pontos de iluminação de LED

0

Para beneficiar os 135 mil moradores da região, 398 vias que cortam o bairro receberam nova tecnologia capaz de iluminar mais, consumindo até 50% menos energia. No total, 54.198 luminárias já foram instaladas em bairros da periferia

 

No bairro do Jardim Helena, zona leste da cidade, onde 5.900 pontos de iluminação foram instalados em 398 ruas, avenidas e vielas que cortam o distrito, numa extensão de 161 quilômetros. A iniciativa, que beneficia os 135 mil moradores da região, faz parte da primeira etapa programa “LED nos Bairros”, que tem o objetivo de implantar novas luminárias em regiões periféricas que apresentam alta vulnerabilidade social.

As obras para revitalização do parque de iluminação no Jardim Helena contaram com equipes do Departamento de Iluminação Pública (Ilume) e tiveram o investimento de R$ 21 milhões.

“Acho muito importante esta iniciativa da Prefeitura, pois com essa iluminação temos mais segurança. Podemos ficar até mais tarde na rua, andar de skate e até mesmo namorar”, disse Guilherme de Assis, de 16 anos, morador do bairro.
LED nos Bairros
Com investimento de R$ 200 milhões, a primeira fase do programa “LED nos bairros” conta atualmente com 54.198 unidades já instaladas. Em Pedreira, na zona sul, a obra para a instalação de 6.600 pontos está em andamento. Apesar da primeira etapa da ação prever a instalação de 55 mil novas luminárias, a Prefeitura entregará até junho 60.798 unidades.

Além do Jardim Helena, a iniciativa já foi concluída no Jardim Ângela, com 12.164 pontos, em Sapopemba, com 11.300 pontos, na comunidade de Heliópolis com cerca de 1.300 pontos, no Jardim Monte Azul, com 534 luminárias, na Brasilândia, cujo projeto final contou com a instalação de 10.170 lâmpadas LED, no Lajeado, com 7.181 pontos e no distrito de Raposo Tavares, com 5.100 pontos.

Atualmente, a segunda etapa do programa já está em andamento para a instalação de mais 68.419 pontos de iluminação com a nova tecnologia até setembro. Nesta etapa serão contemplados os bairros de Cidade Tiradentes (7.719 unidades), Guaianases (5.300 unidades), parte do Jabaquara (2.500), Iguatemi (7.200), parte do Grajaú (3.300), Perus (5.500), São Rafael (8.000), Socorro (6.000), Jaçanã (5.300), Itaim Paulista (9.800) e Vila Curuçá (7.800).

LED pela cidade

Desde o início de 2013, mais de 250 mil pontos de iluminação pública foram remodelados em toda a cidade, substituindo lâmpadas de vapor de mercúrio por vapor de sódio e metálico, e quase 50 mil novos foram criados em locais onde não existia luz.

Além disso, quase 19 mil pontos de iluminação LED foram instalados pela atual gestão em locais como a Marginal Pinheiros, a avenida 23 de Maio, o entorno da Arena Corinthians, em Itaquera, e o Beco do Batman, na Vila Madalena. A região central também ganhou 700 pontos de LED na Virada Cultural, que ficaram como legado para a população.

As luminárias LED têm vida útil maior que as lâmpadas de vapor metálico e de sódio, pois duram aproximadamente 12 anos, enquanto os outros tipos não passam de cinco anos, em média. As lâmpadas de LED também consomem até 50% menos energia elétrica.

Fonte: Prefeitura

 

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Vereador Atílio Francisco

Vereador do Partido Republicano do Brasil (PRB) na Câmara Municipal. · Autor de diversos projetos transformados em leis municipais e um dos vereadores mais atuantes da Casa.

deixe aqui o seu comentário

Visit Us On TwitterVisit Us On Facebook